Compartilhar via


Microsoft Security Bulletin MS16-114 - Importante

Atualização de segurança para o Windows SMBv1 Server (3185879)

Publicado em: 13 de setembro de 2016

Versão: 1.0

Resumo executivo

Esta atualização de segurança elimina uma vulnerabilidade no Microsoft Windows. Nos sistemas operacionais Windows Vista, Windows Server 2008, Windows 7 e Windows Server 2008 R2, a vulnerabilidade pode permitir a execução remota de código se um invasor autenticado enviar pacotes especialmente criados para um servidor Microsoft Server Message Block 1.0 (SMBv1) afetado. A vulnerabilidade não afeta outras versões do SMB Server. Embora os sistemas operacionais posteriores sejam afetados, o impacto potencial é a negação de serviço.

Esta atualização de segurança é classificada como Importante para todas as versões com suporte do Microsoft Windows. Para obter mais informações, consulte a seção Softwares afetados e classificações de gravidade da vulnerabilidade.

A atualização de segurança elimina a vulnerabilidade corrigindo como o Microsoft SMBv1 Server manipula solicitações especialmente criadas. Para obter mais informações sobre a vulnerabilidade, consulte a seção Informações sobre a vulnerabilidade.

Para obter mais informações sobre essa atualização, consulte o artigo 3185879 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft.

Software afetado e classificações de gravidade da vulnerabilidade

As seguintes versões ou edições de software são afetadas. As versões ou edições que não estão listadas já passaram do ciclo de vida de suporte ou não são afetadas. Para determinar o ciclo de vida de suporte para sua versão ou edição de software, consulte Ciclo de Vida do Suporte da Microsoft.

As classificações de gravidade a seguir pressupõem o impacto máximo potencial da vulnerabilidade. Para obter informações sobre a probabilidade, dentro de 30 dias após o lançamento deste boletim de segurança, da possibilidade de exploração da vulnerabilidade em relação à sua classificação de gravidade e impacto à segurança, consulte o Índice de exploração no resumo de boletins de setembro.

Sistema operacional Vulnerabilidade de execução remota de código autenticada por SMB do Windows - CVE-2016-3345 Atualizações substituídas*
Windows Vista
Windows Vista Service Pack 2 (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Vista x64 Edition Service Pack 2 (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2008
Windows Server 2008 para sistemas de 32 bits Service Pack 2 (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2008 para sistemas baseados em x64 Service Pack 2 (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2008 para sistemas baseados em Itanium Service Pack 2 (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows 7
Windows 7 para sistemas de 32 bits Service Pack 1 (3177186) Execução remota de código importante 2536275
Windows 7 para sistemas baseados em x64 Service Pack 1 (3177186) Execução remota de código importante 2536275
Windows Server 2008 R2
Windows Server 2008 R2 para sistemas baseados em x64 Service Pack 1 (3177186) Execução remota de código importante 2536275
Windows Server 2008 R2 para sistemas baseados em Itanium Service Pack 1 (3177186) Execução remota de código importante 2536275
Windows 8.1
Windows 8.1 para sistemas de 32 bits (3177186) Negação de Serviço Importante 3130896
Windows 8.1 para sistemas baseados em x64 (3177186) Negação de Serviço Importante 3130896
Windows Server 2012 e Windows Server 2012 R2
Windows Server 2012 (3177186) Negação de Serviço Importante 3130896
Windows Server 2012 R2 (3177186) Negação de Serviço Importante 3130896
Windows RT 8.1
Windows RT 8.1[1](3177186) Negação de Serviço Importante Nenhum
Windows 10
Windows 10 para sistemas de 32 bits[2](3185611) Negação de Serviço Importante 3176492
Windows 10 para sistemas baseados em x64[2](3185611) Negação de Serviço Importante 3176492
Windows 10 versão 1511 para sistemas de 32 bits[2](3185614) Negação de Serviço Importante 3176493
Windows 10 versão 1511 para sistemas baseados em x64[2](3185614) Negação de Serviço Importante 3176493
Windows 10 versão 1607 para sistemas de 32 bits[2](3189866) Negação de Serviço Importante 3176495
Windows 10 versão 1607 para sistemas baseados em x64[2](3189866) Negação de Serviço Importante 3176495
Opção de instalação Server Core
Windows Server 2008 para sistemas de 32 bits Service Pack 2(instalação Server Core) (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2008 para sistemas baseados em x64 Service Pack 2(instalação Server Core) (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2008 R2 para sistemas baseados em x64 Service Pack 1(instalação Server Core) (3177186) Execução remota de código importante 3073921 no boletim MS15-083
Windows Server 2012(instalação Server Core) (3177186) Negação de Serviço Importante Nenhum
Windows Server 2012 R2(instalação Server Core) (3177186) Negação de Serviço Importante Nenhum

[1]Esta actualização está disponível apenas através do Windows Update .

[2]As atualizações do Windows 10 são cumulativas. A versão de segurança mensal inclui todas as correções de segurança para vulnerabilidades que afetam o Windows 10, além de atualizações não relacionadas à segurança. A atualização está disponível por meio do Catálogo do Windows Update.

Observação A vulnerabilidade discutida neste boletim afeta o Windows Server 2016 Technical Preview 5. Para se proteger da vulnerabilidade, a Microsoft recomenda que os clientes que executam esse sistema operacional apliquem a atualização atual, que está disponível no Windows Update

*A coluna Atualizações substituídas mostra apenas a atualização mais recente em qualquer cadeia de atualizações substituídas. Para obter uma lista abrangente de atualizações substituídas, vá para o Catálogo do Microsoft Update, procure o número KB da atualização e exiba os detalhes da atualização (as informações sobre atualizações substituídas são fornecidas na guia Detalhes do Pacote).

Informações de vulnerabilidade

Vulnerabilidade de execução remota de código autenticada por SMB do Windows - CVE-2016-3345

Para os sistemas operacionais Windows Vista, Windows Server 2008, Windows 7 e Windows Server 2008 R2, existe uma vulnerabilidade de execução remota de código na maneira como o Servidor SMBv1 (Server Message Block 1.0) da Microsoft manipula determinadas solicitações quando um invasor autenticado envia pacotes especialmente criados para o servidor SMBv1. A vulnerabilidade não afeta outras versões do SMB Server.

Em sistemas operacionais posteriores, um invasor que explorar com êxito essa vulnerabilidade poderá fazer com que o sistema afetado pare de responder até que seja reiniciado manualmente.

Para explorar a vulnerabilidade, um invasor precisaria primeiro se autenticar no Servidor SMBv1 e ter permissão para abrir arquivos no servidor de destino antes de tentar o ataque.

A atualização de segurança elimina a vulnerabilidade corrigindo como o Microsoft SMBv1 Server manipula solicitações especialmente criadas.

A tabela a seguir contém links para a entrada padrão de cada vulnerabilidade na lista Common Vulnerabilities and Exposures:

Título da vulnerabilidade Número CVE Divulgado publicamente Explorado
Vulnerabilidade de execução remota de código autenticada por SMB do Windows CVE-2016-3345 Não Não

Fatores atenuantes

Os seguintes fatores atenuantes podem ser úteis em sua situação:

  • Para explorar esta vulnerabilidade, um intruso tem de conseguir estabelecer uma sessão SMBv1 autenticada para o Servidor SMBv1.

Soluções Alternativas

As seguintes soluções alternativas podem ser úteis em sua situação:

  • Desabilitar SMBv1

Para clientes que executam o Windows Vista e versões posteriores

Consulte o Artigo 2696547 da Base de Dados de Conhecimento Microsoft.

Método alternativo para clientes que executam o Windows 8.1 ou o Windows Server 2012 R2 e posterior

Para sistemas operacionais cliente:

  1. Abra o Painel de Controle, clique em Programas e, em seguida, clique em Ativar ou desativar recursos do Windows.
  2. Na janela Recursos do Windows, desmarque a caixa de seleção Suporte ao compartilhamento de arquivos SMB1.0/CIFS e clique em OK para fechar a janela.
  3. Reinicie o sistema.
     

Para sistemas operacionais de servidor:

  1. Abra o Gerenciador do Servidor e clique no menu Gerenciar e selecione Remover Funções e Recursos.
  2. Na janela Recursos, desmarque a caixa de seleção Suporte ao compartilhamento de arquivos SMB1.0/CIFS e clique em OK para fechar a janela.
  3. Reinicie o sistema.
     

Impacto da solução alternativa. O protocolo SMBv1 será desativado no sistema de destino.

Como desfazer a solução alternativa. Refaça as etapas de solução alternativa, restaurando o recurso de suporte ao compartilhamento de arquivos SMB1.0/CIFS para um estado ativo.

Perguntas frequentes

Quais versões do SMB são afetadas por essa vulnerabilidade?
Esta vulnerabilidade afeta apenas o SMBv1.

Qual é a diferença entre SMBv1 e SMBv2? 
Ambos os protocolos são usados pelos clientes para solicitar serviços de arquivo e impressão de um sistema de servidor pela rede. Ambos são protocolos com monitoração de estado nos quais os clientes estabelecem uma conexão com um servidor, estabelecem um contexto autenticado nessa conexão e, em seguida, emitem uma variedade de solicitações para acessar arquivos, impressoras e pipes nomeados para comunicação entre processos. O protocolo SMBv2 é uma grande revisão do protocolo SMB existente. Embora muitos dos conceitos subjacentes sejam os mesmos, os formatos de pacote são completamente diferentes. Além de fornecer todos os recursos encontrados no SMBv1, o protocolo SMBv2 fornece vários aprimoramentos:

  • Permitir que uma abertura para um arquivo seja restabelecida depois que uma conexão de cliente for temporariamente desconectada.
  • Permitindo que o servidor equilibre o número de operações simultâneas que um cliente pode ter pendentes a qualquer momento.
  • Fornecendo escalabilidade em termos de número de compartilhamentos, usuários e arquivos abertos simultaneamente.
  • Ligações simbólicas de apoio.
  • Usando um algoritmo mais forte para validar a integridade de solicitações e respostas.

Implantação de atualização de segurança

Para obter informações sobre a Implantação da Atualização de Segurança, consulte o artigo da Base de Dados de Conhecimento Microsoft mencionado no Resumo Executivo.

Agradecimentos

A Microsoft reconhece os esforços daqueles na comunidade de segurança que nos ajudam a proteger os clientes por meio da divulgação coordenada de vulnerabilidades. Consulte Agradecimentos para obter mais informações.

Aviso de isenção de responsabilidade

As informações fornecidas na Base de Dados de Conhecimento Microsoft são fornecidas "no estado em que se encontram", sem qualquer tipo de garantia. A Microsoft se isenta de todas as garantias, expressas ou implícitas, incluindo as garantias de comercialização e adequação a uma finalidade específica. Em nenhuma circunstância a Microsoft Corporation ou seus fornecedores serão responsáveis por quaisquer danos, incluindo danos diretos, indiretos, incidentais, consequenciais, perda de lucros comerciais ou danos especiais, mesmo que a Microsoft Corporation ou seus fornecedores tenham sido avisados da possibilidade de tais danos. Alguns estados não permitem a exclusão ou limitação de responsabilidade por danos consequenciais ou incidentais, portanto, a limitação acima pode não se aplicar.

Revisões

  • V1.0 (13 de setembro de 2016): Boletim publicado.

Página gerada em 28/11/2016 13:16-08:00.