Usar o Assistente de Plano de Manutenção

Aplica-se a:SQL Server

Este tópico descreve como criar um plano de manutenção de servidor único ou multisservidor usando o Assistente de Plano de Manutenção no SQL Server. O Assistente de Plano de Manutenção cria um plano de manutenção que o Microsoft SQL Server Agent pode executar regularmente. Isso permite executar várias tarefas de administração de banco de dados, incluindo backups, verificações de integridade de banco de dados ou atualizações de estatísticas de banco de dados em intervalos especificados.

Limitações e Restrições

  • Para criar um plano de manutenção multisservidor, é necessário configurar um ambiente multisservidor com um servidor mestre e um ou mais servidores de destino. Você deve criar e manter planos de manutenção multisservidor no servidor mestre. Você pode exibir planos nos servidores de destino.

  • Os membros das funções db_ssisadmin e dc_admin podem elevar seus privilégios para sysadmin. Essa elevação de privilégio pode ocorrer porque essas funções podem modificar pacotes do Integration Services; esses pacotes podem ser executados por SQL Server usando o contexto de segurança sysadmin de SQL Server Agent.

Para se proteger contra essa elevação de privilégio ao executar planos de manutenção, conjuntos de coletas de dados e outros pacotes do Integration Services , configure os trabalhos do SQL Server Agent que executam pacotes para usar uma conta proxy com privilégios limitados ou apenas adicione membros sysadmin às funções db_ssisadmin e dc_admin .

Pré-requisitos

Você deve habilitar a Opção Agent XPs de configuração do servidor.

Permissões

Para criar ou gerenciar planos de manutenção, é necessário ser membro da função de servidor fixa sysadmin . O Pesquisador de Objetos só exibe o nó Planos de Manutenção para usuários que são membros da função de servidor fixa sysadmin .

Usar o Assistente de Plano de Manutenção

Inicie o assistente

  1. Expanda o servidor no qual você deseja criar seu plano de gerenciamento.

  2. Expanda a pasta Gerenciamento .

  3. Clique com o botão direito do mouse na pasta Planos de Manutenção e selecione Assistente de Plano de Manutenção.

  4. Na página Assistente de Plano de Manutenção do SQL Server , clique em Avançar.

  5. Na página Selecionar Propriedades do Plano :

    1. Na caixa Nome , insira o nome do plano de manutenção que você está criando.

    2. Na caixa Descrição , descreva brevemente seu plano de manutenção.

    3. Na lista Executar como , especifique a credencial usada pelo Microsoft SQL Server Agent ao executar o plano de manutenção.

    4. Selecione Agendas separadas para cada tarefa ou Agenda única para o plano inteiro ou sem agenda para especificar a agenda recorrente do plano de manutenção.

      Observação

      Se você selecionar Agendas separadas para cada tarefa, precisará seguir as etapas em e. abaixo para cada tarefa em seu plano de manutenção.

    5. Se você selecionou Agenda única para o plano inteiro ou sem agenda, em Agenda, clique em Alterar.

      1. Na caixa de diálogo Nova Agenda de Trabalho, na caixa Nome, digite o nome da agenda de trabalho.

      2. Na lista Tipo de Agenda , selecione o tipo de agenda:

        • Iniciar automaticamente quando o SQL Server Agent for iniciado

        • Iniciar sempre que as CPUs estiverem ociosas

        • Recorrente. Essa é a seleção padrão.

        • Uma vez

      3. Marque ou desmarque a caixa de seleção Habilitado para habilitar ou desabilitar a agenda.

      4. Se você selecionar Recorrente:

        1. Em Frequência, na lista Ocorre , especifique a frequência de ocorrência:

          • Se você selecionar Diário, na caixa Ocorre periodicamente a cada , digite a frequência com que a agenda de trabalho se repete em dias.

          • Se você selecionar Semanal, na caixa Ocorre periodicamente a cada , digite a frequência com que a agenda de trabalho se repete em semanas. Selecione o dia da semana em que a agenda de trabalho é executada.

          • Se você selecionar Mensalmente, selecione Dia ou O.

            • Se você selecionar Dia, digite o dia do mês que você deseja que a agenda de trabalho seja executada e a frequência com que a agenda de trabalho se repete em meses. Por exemplo, se desejar que a agenda de trabalho seja executada no 15º dia do mês a cada dois meses, selecione Dia e digite "15" na primeira caixa e "2" na segunda caixa. Observe que o maior número permitido na segunda caixa é "99".

            • Se você selecionar O, selecione o dia específico da semana no mês que você deseja que a agenda de trabalho seja executada e a frequência com que a agenda de trabalho se repete em meses. Por exemplo, se você desejar que a agenda de trabalho seja executada no último dia da semana do mês a cada dois meses, selecione Dia, selecione último na primeira lista e dia da semana na segunda lista e depois digite “2” na última caixa. Você também pode selecionar primeiro, segundo, terceiro ou quarto, bem como dias específicos da semana (por exemplo: domingo ou quarta-feira) nas primeiras duas listas. Observe que o maior número permitido na última caixa é "99".

        2. Em Frequência diária, especifique a frequência com que a agenda de trabalho se repete no dia da execução da agenda de trabalho:

          • Se você selecionar Ocorre uma vez às, digite a hora específica do dia em que a agenda de trabalho deve ser executada na caixa Ocorre uma vez às . Digite a hora, os minutos e os segundos do dia, bem como AM ou PM.

          • Se você selecionar Ocorre a cada, especifique a frequência com que a agenda de trabalho é executada durante o dia escolhido em Frequência. Por exemplo, se você desejar que o agendamento de trabalho se repita a cada 2 horas durante o dia em que é executado, selecione Ocorre a cada, digite "2" na primeira caixa e selecione hora(s) na lista. Nessa lista, você pode selecionar também minuto(s) e segundo(s) . Observe que o maior número permitido na primeira caixa é "100".

            Na caixa Iniciando às , digite a hora em que a agenda de trabalho deve começar a ser executada. Na caixa Terminando às , digite a hora em que a agenda de trabalho deve parar de se repetir. Digite a hora, os minutos e os segundos do dia, bem como AM ou PM.

        3. Em Duração, em Data de início, digite a data que você deseja que a agenda de trabalho inicie a execução. Selecione Data de término ou Nenhuma data de término para indicar quando a execução da agenda de trabalho deve parar. Se você selecionar Data de término, digite a data em que você deseja que a execução da agenda de trabalho pare.

      5. Se você selecionar Uma Vez, em Ocorrência única, na caixa Data , insira a data em que o agendamento de trabalho será executado. Na caixa Hora , digite a hora em que a agenda de trabalho será executada. Digite a hora, os minutos e os segundos do dia, bem como AM ou PM.

      6. Em Resumo, em Descrição, verifique se todas as configurações da agenda de trabalho estão corretas.

      7. Clique em OK.

    6. Clique em Próximo.

  6. Na página Selecionar Servidores de Destino , selecione os servidores nos quais você deseja executar o plano de manutenção. Esta página só fica visível em SQL Server instâncias configuradas como servidores mestres.

    Observação

    Para criar um plano de manutenção multisservidor, é necessário configurar um ambiente multisservidor contendo um servidor mestre e um ou mais servidores de destino e o servidor local deve estar configurado como servidor mestre. Em ambientes multisservidor, essa página exibe o servidor mestre (local) e todos os servidores de destino correspondentes.

  7. Na página Selecionar Tarefas de Manutenção , selecione uma ou mais tarefas de manutenção que devem ser adicionadas ao plano. Quando tiver selecionado todas as tarefas necessárias, clique em Avançar.

    Observação

    As tarefas selecionadas aqui determinarão quais páginas deverão ser preenchidas depois da página Selecionar Ordem da Tarefa de Manutenção a seguir.

  8. Na página Selecionar Ordem da Tarefa de Manutenção, selecione uma tarefa e clique em Mover para Cima... ou em Mover para Baixo... para alterar sua ordem de execução. Ao concluir ou se você estiver satisfeito com a ordem atual das tarefas, clique em Avançar.

    Observação

    Se você selecionou Agendas separadas para cada tarefa na página Selecionar Propriedades do Plano acima, não será possível alterar a ordem das tarefas de manutenção nessa página.

Definir integridade da verificação do banco de dados (CHECKDB)

Na página Definir Tarefa Integridade da Verificação do Banco de Dados , escolha os bancos de dados nos quais a alocação e a integridade estrutural de tabelas de usuário e do sistema, e também índices, serão verificados. Ao executar a instrução DBCC CHECKDBTransact-SQL, essa tarefa garante que quaisquer problemas de integridade com o banco de dados sejam relatados, permitindo que eles sejam resolvidos posteriormente por um administrador do sistema ou proprietário do banco de dados. Para obter mais informações, consulte DBCC CHECKDB (Transact-SQL)Quando concluir, clique em Avançar.

As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

ListaBancos de Dados
Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa.

  • Todos os bancos de dados

Gere um plano de manutenção que execute essa tarefa em todos os bancos de dados do Microsoft SQL Server, exceto tempdb.

Bancos de dados do sistema

  • Gere um plano de manutenção que execute essa tarefa em SQL Server bancos de dados do sistema, exceto bancos de dados tempdb e criados pelo usuário.

Todos os bancos de dados de usuários (exceto mestre, modelo, msdb, tempdb)

  • Gere um plano de manutenção que execute essa tarefa em todos os bancos de dados criados por usuários. Nenhuma tarefa de manutenção é executada com os bancos de dados do sistema do SQL Server .

Estes bancos de dados

  • Gera um plano de manutenção que execute essa tarefa somente nos bancos de dados selecionados. Pelo menos um banco de dados da lista deverá ser selecionado se esta opção for escolhida.

Caixa de seleçãoIncluir índices

  • Verifique a integridade de todas as páginas de índice, assim como das páginas de dados de tabela.

Somente físico

  • Limita a verificação à integridade da estrutura física da página, cabeçalhos de registros e a consistência da alocação do banco de dados. O uso dessa opção pode reduzir o tempo de execução de DBCC CHECKDB em bancos de dados grandes e é recomendado para uso frequente em sistemas de produção.

Tablock

  • Faz com que DBCC CHECKDB obtenha bloqueios em vez de usar um instantâneo do banco de dados interno. Isso inclui um bloqueio exclusivo (X) de curto prazo no banco de dados. O uso dessa opção pode ajudar o DBCC CHECKDB a ser executado com mais rapidez em um banco de dados sob carga pesada, mas reduz a simultaneidade disponível no banco de dados durante a execução do DBCC CHECKDB.

Definir tarefas de redução de bancos de dados

  1. Na página Definir Tarefa Reduzir Banco de Dados , crie uma tarefa que tente reduzir o tamanho dos bancos de dados selecionados usando a instrução DBCC SHRINKDATABASE com a opção NOTRUNCATE ou TRUNCATEONLY . Para obter mais informações, confira DBCC SHRINKDATABASE (Transact-SQL). Quando concluir, clique em Avançar.

    Aviso

    Os dados movidos para reduzir um arquivo podem ser dispersos para qualquer local disponível no arquivo. Isso provoca uma fragmentação do índice e pode reduzir a velocidade do desempenho de consultas que pesquisam um intervalo do índice. Para eliminar a fragmentação, considere a recompilação dos índices no arquivo após a redução.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    ListaBancos de Dados
    Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa. Consulte a etapa 9 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa lista.

    CaixaReduzir o banco de dados quando ele ultrapassar
    Especifique o tamanho em megabytes que faz a tarefa ser executada.

    CaixaQuantidade de espaço livre restante após redução
    Parar a redução quando o espaço livre nos arquivos de banco de dados alcançar esse tamanho (como porcentagem).

    Reter espaço livre em arquivos de banco de dados
    O banco de dados é condensado para páginas contíguas, mas elas não são desalocadas e os arquivos de banco de dados não são reduzidos. Use essa opção se quiser que o banco de dados expanda novamente e não desejar realocar espaço. Com essa opção, os arquivos de banco de dados não são reduzidos ao máximo possível. A opção NOTRUNCATE é usada.

    Retornar espaço livre para o sistema operacional
    O banco de dados é condensado para páginas contíguas e as páginas são liberadas de volta ao sistema operacional para serem usadas por outros programas. A opção TRUNCATEONLY é usada. Essa é a opção padrão.

Definir as tarefas de índice

  1. Na página Definir Tarefa Reorganizar Índice , selecione os servidores nos quais você moverá páginas de índice para uma ordem de pesquisa mais eficiente. Esta tarefa usa a instrução ALTER INDEX ... REORGANIZE. Para mais informações, consulte ALTERAR ÍNDICE (Transact-SQL). Quando concluir, clique em Avançar.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    ListaBancos de Dados
    Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa. Consulte a etapa 9 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa lista.

    ListaObjeto
    Limite a lista Seleção para exibir tabelas, exibições ou ambas. Essa lista estará disponível somente se um único banco de dados for escolhido na lista Bancos de Dados acima.

    ListaSeleção
    Especifique as tabelas ou índices afetados por esta tarefa. Não disponível quando Tabelas e Exibições estiver selecionado na caixa Objeto.

    Caixa de seleçãoCompactar objetos grandes
    Desaloque espaço em tabelas e exibições quando possível. Esta opção usa ALTER INDEX ... LOB_COMPACTION = ON.

  2. Na página Definir Tarefa Recompilar Índice , selecione o banco de dados ou os bancos de dados nos quais vários índices serão recriados. Esta tarefa usa a instrução ALTER INDEX ... REBUILD PARTITION. Para obter mais informações, consulte ALTER INDEX (Transact-SQL).) Quando concluir, clique em Avançar.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    ListaBancos de Dados
    Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa. Consulte a etapa 9 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa lista.

    ListaObjeto
    Limite a lista Seleção para exibir tabelas, exibições ou ambas. Essa lista estará disponível somente se um único banco de dados for escolhido na lista Bancos de Dados acima.

    ListaSeleção
    Especifique as tabelas ou índices afetados por esta tarefa. Não disponível quando Tabelas e Exibições estiver selecionado na caixa Objeto.

    ÁreaOpções de espaço livre
    Apresenta opções para aplicar o fator de preenchimento a índices e tabelas.

    Espaço livre padrão por página
    Reorganiza as páginas com a quantidade padrão de espaço livre. Isso descartará os índices nas tabelas no banco de dados e os recriará com o fator de preenchimento especificado quando os índices foram criados. Essa é a opção padrão.

    CaixaAlterar espaço livre por página para
    Descarta os índices nas tabelas no banco de dados e recria-os com um fator de preenchimento novo, calculado automaticamente, reservando a quantidade especificada de espaço livre nas páginas de índice. Quanto maior a porcentagem, mais espaço livre será reservado nas páginas de índice e maior ficará o índice. Os valores válidos são de 0 a 100. Usa a opção FILLFACTOR .

    ÁreaOpções avançadas
    Apresenta opções adicionais para classificar índices e reindexar.

    Caixa de seleçãoClassificar resultados no tempdb
    Usa a opção SORT_IN_TEMPDB , que determina onde são armazenados temporariamente os resultados intermediários de classificação, gerados durante a criação do índice. Se uma operação de classificação não for necessária, ou se a classificação puder ser executada na memória, a opção SORT_IN_TEMPDB será ignorada.

    Caixa de seleçãoPreenchimento de Índice
    Usa a opção PAD_INDEX .

    Caixa de seleçãoManter o índice online enquanto estiver reindexando
    Usa a opção ONLINE , que permite o acesso dos usuários aos dados de índice clusterizado ou da tabela subjacente e todos os índices não clusterizados associados durante as operações de índice. A seleção dessa opção ativa opções adicionais para a recompilação de índices que não permitem recompilações online: Não recompilar índices e Recompilar índices offline.

    A seleção dessa opção também ativa Baixa Prioridade Usada, que usa a opção WAIT_AT_LOW_PRIORITY . As operações de recriação do índice online aguardará bloqueios de baixa prioridade por MAX_DURATION minutos, permitindo que outras operações continuem enquanto a operação de criação de índice online estiver aguardando.

    Observação

    As operações de índice online não estão disponíveis em todas as edições do SQL Server. Para obter mais informações, consulte Recursos com suporte nas edições do SQL Server 2016.

    Caixa de seleçãoMAXDOP
    Substitui a opção de configuração de grau máximo de paralelismo de sp_configure para DBCC CHECKDB. Para obter mais informações, consulte DBCC CHECKDB (Transact-SQL)

Definir a tarefa de atualização de estatísticas

  1. Na página Definir Tarefa Atualizar Estatísticas , defina os bancos de dados nos quais as estatísticas de índice e tabela serão atualizadas. Esta tarefa usa a instrução UPDATE STATISTICS. Para obter mais informações, consulte UPDATE STATISTICS (Transact-SQL) Quando terminar, clique em Avançar

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    ListaBancos de Dados
    Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa. Consulte a etapa 9 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa lista.

    ListaObjeto
    Limite a lista Seleção para exibir tabelas, exibições ou ambas. Essa lista estará disponível somente se um único banco de dados for escolhido na lista Bancos de Dados acima.

    ListaSeleção
    Especifique as tabelas ou índices afetados por esta tarefa. Não disponível quando Tabelas e Exibições estiver selecionado na caixa Objeto.

    Todas as estatísticas existentes
    Atualize as estatísticas de colunas e índices.

    Somente estatísticas de coluna
    Atualiza apenas as estatísticas de coluna. Usa a opção WITH COLUMNS .

    Somente estatísticas do índice
    Só atualiza estatísticas do índice. Usa a opção WITH INDEX .

    Tipo de exame
    Tipo de exame usado para coletar estatísticas atualizadas.

    Exame completo
    Lê todas as linhas na tabela ou exibição para coletar as estatísticas.

    Amostra por
    Especifique a porcentagem da tabela ou exibição indexada ou o número de linhas de amostragem ao coletar estatísticas de tabelas ou exibições maiores.

Definir a tarefa de limpeza do histórico

  1. Na página Definir Tarefa Limpeza do Histórico , defina os bancos de dados nos quais você deseja descartar o histórico de tarefas antigo. Essa tarefa usa as instruções EXEC sp_purge_jobhistory, EXEC sp_maintplan_delete_loge EXEC sp_delete_backuphistory para remover informações de histórico das tabelas do msdb . Ao concluir, clique em Avançar.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    Selecione os dados históricos a serem excluídos
    Escolha o tipo de dados de tarefa a serem excluídos/

    Histórico de backup e restauração
    Reter registros de quando backups recentes foram criados pode ajudar SQL Server criar um plano de recuperação quando você deseja restaurar um banco de dados. O período de retenção deve ser pelo menos a frequência de backups de banco de dados completos.

    Histórico de trabalho do SQL Server Agent
    Esse histórico pode ajudar a solucionar problemas de trabalhos com falha ou a determinar por que ações de banco de dados ocorreram.

    Histórico do Plano de Manutenção
    Esse histórico pode ajudar a solucionar problemas de trabalhos de plano de manutenção com falha ou a determinar por que ações de banco de dados ocorreram.

    Remover dados históricos com mais de
    Especifique a idade de itens que deseja excluir. Você pode especificar Hora(s) , Dia(s) , Semana(s) (o padrão), Mês(es) , ou Ano(s)

Definir a tarefa de execução de trabalho do Agent

  1. Na página Definir Tarefa Executar Trabalho do Agent , em Trabalhos do SQL Server Agent disponíveis, escolha os trabalhos a serem executados. Essa opção não estará disponível se você não tiver nenhum trabalho de SQL Agent. Esta tarefa usa a instrução EXEC sp_start_job. Para obter mais informações, consulte sp_start_job (Transact-SQL)Quando terminar, clique em Avançar.

Definir tarefas de backup

  1. Na página Definir Tarefa Backup de Banco de Dados (Completo) , selecione os bancos de dados nos quais deve ser executado um backup completo. Esta tarefa usa a instrução BACKUP DATABASE. Para obter mais informações, confira BACKUP (Transact-SQL). Ao concluir, clique em Avançar.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    ListaTipo de Backup
    Exibe o tipo de backup a ser executado. Esse item é somente leitura.

    ListaBancos de Dados
    Especifique os bancos de dados afetados por essa tarefa. Consulte a etapa 9 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa lista.

    Componente de backup
    Selecione Banco de dados para fazer o backup de todo o banco de dados. Selecione Arquivo e grupos de arquivos para fazer o backup de apenas uma parte do banco de dados. Se selecionado, forneça o nome do arquivo ou do grupo de arquivos. Quando vários bancos de dados são selecionados na caixa Bancos de dados , especifique apenas Bancos de dados para Componentes de backup. Para executar backups de arquivo ou grupo de arquivos, crie uma tarefa para cada banco de dados. Essas opções estarão disponíveis somente se um único banco de dados for escolhido na lista Bancos de Dados acima.

    Caixa de seleçãoO conjunto de backup vai expirar
    Especifica quando o conjunto de backup desse backup pode ser substituído. Selecione Após e insira um número de dias para a validade ou selecione Em e insira a data de validade. Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup.

    Fazer backup em
    Especifica o meio no qual deve ser feito o backup do banco de dados. Selecione Disco, Fitaou URL. Somente dispositivos de fita anexados ao computador que contém o banco de dados estão disponíveis.

    Backup de banco de dados por um ou mais arquivos
    Clique em Adicionar para abrir a caixa de diálogo Selecionar Destino do Backup . Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup.

    Clique em Remover para remover um arquivo da caixa.

    Clique em Conteúdo para ler o cabeçalho de arquivo e exibir os conteúdos de backup atuais do arquivo.

    Caixa de diálogoSelecionar Destino do Backup
    Selecione o arquivo, a unidade de fita ou o dispositivo de backup para o destino de backup. Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup.

    ListaSe houver arquivos de backup
    Especifique como tratar backups existentes. Selecione Anexar para adicionar os backups novos depois de qualquer backup existente no arquivo ou na fita. Selecione Substituir para remover o conteúdo antigo de um arquivo ou fita e substituir por esse backup novo.

    Crie um arquivo de backup para cada banco de dados
    Crie um arquivo de backup no local especificado na caixa de pasta. Um arquivo é criado para cada banco de dados selecionado. Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup.

    Caixa de seleçãoCriar um subdiretório para cada banco de dados
    Crie um subdiretório no diretório da unidade de disco especificada que contém o backup de banco de dados para cada banco de dados cujo backup está sendo executado como parte do plano de manutenção.

    Importante

    O subdiretório herdará permissões do diretório pai. Restrinja permissões para evitar acesso não autorizado.

    CaixaPasta
    Especifique a pasta para os arquivos de banco de dados automaticamente criados. Essa opção será desabilitada se a opção URL for selecionada como o destino de backup.

    CREDENCIAL DO SQL
    Selecione uma Credencial do SQL usada para autenticar o Armazenamento do Microsoft Azure. Se você não tiver uma Credencial existente do SQL que possa usar, clique no botão Criar para criar uma nova Credencial do SQL.

    Importante

    A caixa de diálogo que é aberta quando você clica em Criar exige um certificado de gerenciamento ou o perfil da publicação para a assinatura. Se você não tiver acesso ao certificado de gerenciamento ou perfil de publicação, poderá criar uma credencial de SQL especificando o nome da conta de armazenamento e as informações da chave de acesso usando Transact-SQL ou SQL Server Management Studio. Consulte o código de exemplo no tópico Criar uma credencial para criar uma credencial usando Transact-SQL. Como alternativa, usando o SQL Server Management Studio, na instância do mecanismo de banco de dados, clique com o botão direito do mouse em Segurança, selecione Novoe Credencial. Especifique o nome da conta de armazenamento para Identidade e a chave de acesso no campo Senha .

    Contêiner de armazenamento do Azure
    Especifique o nome do contêiner de Armazenamento do Microsoft Azure

    Prefixo da URL:
    Gerado automaticamente com base nas informações da conta de armazenamento armazenadas na Credencial do SQL e o nome do contêiner de armazenamento do Azure que você especificou. Recomendamos que você não edite as informações nesse campo, a menos que esteja usando um domínio que use um formato diferente de <storage account.blob.core.windows.net>.

    CaixaExtensão do arquivo de backup
    Especifique a extensão a ser usada para os arquivos de backup. O padrão é .bak.

    Caixa de seleçãoVerificar integridade do backup
    Verifique se o conjunto de backup está completo e se todos os volumes estão legíveis.

    Caixa de seleçãoExecutar soma de verificação
    Verifique cada página para soma de verificação e página interrompida, se estiver habilitado e disponível, e irá gera uma soma de verificação para o backup inteiro.

    Caixa de seleçãoContinuar se houver erro
    Instrui BACKUP a continuar apesar de encontrar erros como somas de verificação inválidas ou páginas interrompidas.

    Criptografia de backup
    Para criar um backup criptografado, marque a caixa de seleção Criptografar backup . Selecione um algoritmo de criptografia a ser usado na etapa de criptografia e forneça um Certificado ou uma Chave assimétrica de uma lista de certificados ou chaves assimétricas existentes. Os algoritmos de criptografia disponíveis são:

    • AES 128

    • AES 192

    • AES 256

    • DES triplo

    A opção de criptografia estará desabilitada se você optou por anexar ao conjunto de backup existente.

    É prática recomendada fazer backup do certificado ou das chaves e armazená-los em um local diferente do backup que você criptografou.

    Há suporte somente para as chaves que residem no EKM (Gerenciamento Extensível Chaves).

    caixa de seleçãoTamanho do bloco , lista

    Especifica o tamanho do bloco físico, em bytes. Normalmente, essa opção afeta o desempenho durante a gravação em dispositivos de fita, matrizes RAID ou SAN.

    caixa de seleçãoTamanho máximo de transferência , lista

    Especifica a maior unidade de transferência em bytes a ser usada entre a mídia de backup e o SQL Server.

    Definir lista de compactação de backup
    No SQL Server 2008 Enterprise (ou versões posteriores), selecione um dos seguintes valores de compactação de backup:

    Valor Descrição
    Usar a configuração padrão do servidor Clique para usar o padrão do nível de servidor. Esse padrão é definido pela opção de configuração do servidor padrão de compactação de backup . Para obter informações sobre como exibir a configuração atual dessa opção, consulte Exibir ou configurar a opção de configuração de servidor backup compression default.
    Compactar backup Clique em compactar backup, independentemente do padrão do nível do servidor.

    **Importante** Por padrão, a compactação aumenta significativamente o uso da CPU e a CPU adicional consumida pelo processo de compactação pode afetar negativamente as operações simultâneas. Portanto, convém criar backups compactados de baixa prioridade em uma sessão cujo uso da CPU é limitado pelo Administrador de Recursos. Para obter mais informações, confira Usar o Resource Governor para limitar o uso de CPU por meio de compactação de backup (Transact-SQL).
    Não compactar o backup Clique em criar um backup não compactado, independentemente do padrão do nível do servidor.
  2. Na página Definir Tarefa de Backup de Banco de Dados (Diferencial) , selecione o banco de dados ou os bancos de dados dos quais deve ser executado um backup parcial. Consulte lista de definições na etapa 16 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa página. Esta tarefa usa a instrução BACKUP DATABASE ... WITH DIFFERENTIAL. Para obter mais informações, confira BACKUP (Transact-SQL). Ao concluir, clique em Avançar.

  3. Na página Definir Tarefa de Backup de Banco de Dados (Log de Transações) , selecione o banco de dados ou os bancos de dados dos quais deve ser executado um backup de um log de transações. Consulte lista de definições na etapa 16 acima para obter mais informações sobre as opções disponíveis nessa página. Esta tarefa usa a instrução BACKUP LOG. Para obter mais informações, confira BACKUP (Transact-SQL). Ao concluir, clique em Avançar.

Definir tarefas de limpeza de manutenção

  1. Na página Definir Tarefa Limpeza de Manutenção , especifique os tipos de arquivos que devem ser excluídos como parte do plano de manutenção, inclusive relatórios de texto criados por planos de manutenção e arquivos de backup de banco de dados. Esta tarefa usa a instrução EXEC xp_delete_file. Ao concluir, clique em Avançar.

    Importante

    Essa tarefa não exclui automaticamente os arquivos nas subpastas do diretório especificado. Essa precaução reduz a possibilidade de um ataque mal-intencionado que use a tarefa de Limpeza de Manutenção para excluir arquivos. Se quiser excluir arquivos em subpastas de primeiro nível, você deverá selecionar Incluir subpastas de primeiro nível.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    Excluir arquivos do seguinte tipo
    Especifique o tipo de arquivos que devem ser excluídos.

    Arquivos de backup
    Exclua arquivos de backup de banco de dados.

    Relatórios de texto do Plano de Manutenção
    Exclua relatórios de texto de planos de manutenção executados anteriormente.

    Local do arquivo
    Especifique o caminho dos arquivos que devem ser excluídos.

    Excluir arquivo específico
    Exclua o arquivo específico fornecido na caixa de texto Nome do arquivo .

    Pesquisar pasta e excluir arquivos com base em uma extensão
    Exclua todos os arquivos com a extensão especificada na pasta especificada. Use para excluir vários arquivos de uma vez, como todos os arquivos de backup com a extensão .bak, na pasta Terça-feira.

    CaixaPasta
    Caminho e nome da pasta que contém os arquivos a serem excluídos.

    CaixaExtensão do arquivo
    Forneça a extensão de arquivo dos arquivos a serem excluídos. Para excluir vários arquivos de uma vez, como todos os arquivos de backup com a extensão .bak na pasta Terça-feira, especifique .bak.

    Caixa de seleçãoIncluir subpastas de primeiro nível
    Exclua arquivos com a extensão especificada em Extensão de arquivo de subpastas de primeiro nível sob a pasta especificada em Pasta.

    Caixa de seleçãoExcluir arquivos com base na idade do arquivo em tempo de execução da tarefa
    Especifique a idade mínima dos arquivos que você deseja excluir fornecendo um número e unidade de tempo na caixa Excluir arquivos com idade acima de .

    Excluir arquivos com idade acima de
    Especifique a idade mínima dos arquivos que você deseja excluir, fornecendo um número e a unidade de tempo (Hora, Dia, Semana, Mêsou Ano). Arquivos com idade acima do período especificado serão excluídos.

Selecionar Opções de Relatório

  1. Na página Selecionar Opções de Relatório , selecione as opções para salvar ou distribuir um relatório das ações do plano de manutenção. Esta tarefa usa a instrução EXEC sp_notify_operator. Para obter mais informações, consulte sp_notify_operator (Transact-SQL). Quando terminar, clique em Avançar.

    As opções a seguir estão disponíveis nesta página.

    Caixa de seleçãoGravar relatório em um arquivo de texto
    Salve o relatório em um arquivo.

    CaixaLocal da pasta
    Especifique o local do arquivo que conterá o relatório.

    Caixa de seleçãoEnviar relatório por email
    Envia um email quando uma tarefa falha. Para usar essa tarefa, você deve ter Database Mail habilitado e configurado corretamente com o MSDB como um Banco de Dados de Host de Email e ter um operador do Microsoft SQL Server Agent com um endereço de email válido.

    Operador do agente
    Especifique o destinatário do email.

    Perfil de email
    Especifique o perfil que define o remetente do email.

Concluir o Assistente

  1. Na página Concluir o Assistente , verifique as opções escolhidas nas páginas anteriores e clique em Concluir.

  2. Na página Progresso do Assistente de Manutenção , monitore as informações de status das ações do Assistente de Plano de Manutenção. Dependendo das opções selecionadas no assistente, a página de progresso pode conter uma ou várias ações. A caixa superior exibe o status geral do assistente e o número de mensagens de status, erro e aviso que ele recebeu.

    As opções a seguir estão disponíveis na página Progresso do Assistente de Manutenção :

    Detalhes
    Fornece a ação, status e qualquer mensagem retornada pela ação executada pelo assistente.

    Ação
    Especifica o tipo e o nome de cada ação.

    Status
    Indica se a ação do assistente retornou como um todo o valor de Êxito ou de Falha.

    Mensagem
    Fornece qualquer mensagem de aviso ou erro retornada pelo processo.

    Report
    Cria um relatório contendo os resultados do Assistente para Criar Partição. As opções são Exibir Relatório, Salvar Relatório no Arquivo, Copiar Relatório na Área de Transferênciae Enviar Relatório como Email.

    Exibir Relatório
    Abre a caixa de diálogo Exibir Relatório , que contém um relatório de texto do progresso do Assistente para Criar Partições.

    Salvar Relatório no Arquivo
    Abre a caixa de diálogo Salvar Relatório Como .

    Copiar Relatório na Área de Transferência
    Copia os resultados do relatório de progresso do assistente na Área de transferência.

    Enviar Relatório como Email
    Copia os resultados do relatório de progresso do assistente para uma mensagem de email.