sys.dm_tran_version_store (Transact-SQL)

Aplica-se a: SQL Server (todas as versões com suporte) SQL do Azure Banco de Dados Instância Gerenciada de SQL do Azure

Retorna uma tabela virtual que exibe todos os registros de versão no repositório de versão. sys.dm_tran_version_store é ineficiente de ser executado porque consulta todo o repositório de versões e o repositório de versões pode ser muito grande.

Cada registro com controle de versão é armazenado como dados binários juntamente com algumas informações de rastreamento ou de status. Semelhante a registros em tabelas de banco de dados, os registros de armazenamento de versão são armazenados em páginas de 8.192 bytes. Se um registro exceder 8.192 bytes, ele será dividido em dois registros diferentes.

Porque o registro com controle de versão é armazenado como binário, não há nenhum problema com ordenações diferentes de bancos de dados diferentes. Use sys.dm_tran_version_store para localizar as versões anteriores das linhas na representação binária conforme elas existem no repositório de versão.

Syntax

sys.dm_tran_version_store  

Tabela retornada

Nome da coluna Tipo de dados Descrição
transaction_sequence_num bigint Número de sequência da transação que gera a versão de registro.
version_sequence_num bigint Número de sequência da versão de registro. Este valor é exclusivo dentro da transação que gera a versão.
database_id int ID do banco de dados do registro com controle de versão.
rowset_id bigint ID do conjunto de linhas do registro.
status tinyint Indica se um registro com controle de versão foi dividido em dois registros. Se o valor for 0, o registro será armazenado em uma página. Se o valor for 1, o registro será dividido em dois registros armazenados em duas páginas diferentes.
min_length_in_bytes smallint Comprimento mínimo do registro em bytes.
record_length_first_part_in_bytes smallint Comprimento em bytes da primeira parte do registro com controle de versão.
record_image_first_part varbinary(8000) Imagem binária da primeira parte do registro com controle de versão.
record_length_second_part_in_bytes smallint Comprimento em bytes da segunda parte do registro com controle de versão.
record_image_second_part varbinary(8000) Imagem binária da segunda parte do registro com controle de versão.

Permissões

No SQL Server e na Instância Gerenciada de SQL, requer a permissão VIEW SERVER STATE.

Nos objetivos de serviço do Banco de Dados SQL Básico, S0 e S1 e para bancos de dados em pools elásticos, é necessária a conta do administrador do servidor, a conta do administrador do Azure Active Directory ou a associação à ##MS_ServerStateReader##função de servidor. Em todos os outros objetivos de serviço do Banco de Dados SQL, a permissão VIEW DATABASE STATE no banco de dados ou a associação à função de servidor ##MS_ServerStateReader## são necessárias.

Exemplos

O exemplo a seguir usa um cenário de teste no qual quatro transações simultâneas, cada uma identificada por um XSN (número de sequência de transação), estão sendo executadas em um banco de dados no qual as opções ALLOW_SNAPSHOT_ISOLATION e READ_COMMITTED_SNAPSHOT estão definidas como ON. As seguintes transações estão sendo executadas:

  • XSN-57 é uma operação de atualização sob o isolamento serializável.

  • XSN-58 é o mesmo que XSN-57.

  • XSN-59 é uma operação de seleção em isolamento de instantâneo.

  • XSN-60 é o mesmo que XSN-59.

A consulta a seguir é executada.

SELECT  
    transaction_sequence_num,  
    version_sequence_num,  
    database_id rowset_id,  
    status,  
    min_length_in_bytes,  
    record_length_first_part_in_bytes,  
    record_image_first_part,  
    record_length_second_part_in_bytes,  
    record_image_second_part  
  FROM sys.dm_tran_version_store;  

Este é o conjunto de resultados.

transaction_sequence_num version_sequence_num database_id  
------------------------ -------------------- -----------  
57                      1                    9             
57                      2                    9             
57                      3                    9             
58                      1                    9             
  
rowset_id            status min_length_in_bytes  
-------------------- ------ -------------------  
72057594038321152    0      12                   
72057594038321152    0      12                   
72057594038321152    0      12                   
72057594038386688    0      16                   
  
record_length_first_part_in_bytes  
---------------------------------  
29                                 
29                                 
29                                 
33                                 
  
record_image_first_part                                               
--------------------------------------------------------------------  
0x50000C0073000000010000000200FCB000000001000000270000000000          
0x50000C0073000000020000000200FCB000000001000100270000000000          
0x50000C0073000000030000000200FCB000000001000200270000000000          
0x500010000100000002000000030000000300F800000000000000002E0000000000  
  
record_length_second_part_in_bytes record_image_second_part  
---------------------------------- ------------------------  
0                                  NULL  
0                                  NULL  
0                                  NULL  
0                                  NULL  

A saída mostra que XSN-57 criou três versões de linha de uma tabela e XSN-58 criou uma versão da linha de outra tabela.

Consulte Também

Exibições e funções de gerenciamento dinâmico (Transact-SQL)
Funções e exibições de gerenciamento dinâmico relacionadas à transação (Transact-SQL)