sp_replmonitorchangepublicationthreshold (Transact-SQL)

Aplica-se a: SQL Server (todas as versões com suporte) Instância Gerenciada de SQL do Azure

Altera a métrica de limite de monitoramento de uma publicação. Esse procedimento armazenado, usado para monitorar a replicação, é executado no Distribuidor, no banco de dados de distribuição.

Topic link iconConvenções de sintaxe do Transact-SQL

Sintaxe

  
sp_replmonitorchangepublicationthreshold [ @publisher = ] 'publisher'  
        , [ @publisher_db = ] 'publisher_db'  
        , [ @publication = ] 'publication'   
    [ , [ @publication_type = ] publication_type ]   
    [ , [ @metric_id = ] metric_id ]   
    [ , [ @thresholdmetricname = ] 'thresholdmetricname'   
    [ , [ @value = ] value ]   
    [ , [ @shouldalert = ] shouldalert ]   
    [ , [ @mode = ] mode ]  

Argumentos

[ @publisher = ] 'publisher' É o nome do Publicador. publisher é sysname, sem padrão.

[ @publisher_db = ] 'publisher_db' É o nome do banco de dados publicado. publisher_db é sysname, sem padrão.

[ @publication = ] 'publication' É o nome da publicação para a qual os atributos de limite de monitoramento estão sendo alterados. publicação é sysname, sem padrão.

[ @publication_type = ] publication_type Se o tipo de publicação. publication_type é int e pode ser um desses valores.

Valor Descrição
0 Publicação transacional.
1 Publicação de instantâneo.
2 Publicação de mesclagem.
NULL (padrão) A replicação tenta determinar o tipo de publicação.

[ @metric_id = ] metric_id É a ID da métrica de limite de publicação que está sendo alterada. metric_id é int, com um valor padrão de NULL e pode ser um desses valores.

Valor Nome da métrica
1 expiration - monitora a expiração iminente de assinaturas para publicações transacionais.
2 latency - monitora o desempenho de assinaturas para publicações transacionais.
4 mergeexpiration - monitora a expiração iminente de assinaturas para publicações de mesclagem.
5 mergeslowrunduration – monitora a duração das sincronizações de mesclagem em conexões de baixa largura de banda (discagem).
6 mergefastrunduration – monitora a duração das sincronizações de mesclagem em conexões LAN (rede de área local) de alta largura de banda.
7 mergefastrunspeed - monitora a taxa de sincronizações de mesclagem em conexões de alta largura da banda (LAN).
8 mergeslowrunspeed – monitora a taxa de sincronização de sincronizações de mesclagem em conexões de baixa largura de banda (discagem).

Você deve especificar metric_id ou thresholdmetricname. Se thresholdmetricname for especificado, metric_id deverá ser NULL.

[ @thresholdmetricname = ] 'thresholdmetricname' É o nome da métrica de limite de publicação que está sendo alterada. thresholdmetricname é sysname, com um valor padrão de NULL. Você deve especificar o nome thresholdmetricname ou metric_id. Se metric_id for especificado, o nome thresholdmetricname deverá ser NULL.

[ @value = ] value É o novo valor da métrica de limite de publicação. valor é int, com um valor padrão de NULL. Se for nulo, o valor da métrica não será atualizado.

[ @shouldalert = ] shouldalert É se um alerta é gerado quando uma métrica de limite de publicação é atingida. shouldalert é bit, com um padrão de NULL. Um valor de 1 significa que um alerta é gerado e um valor de 0 significa que um alerta não é gerado.

[ @mode = ] mode Será se a métrica de limite de publicação estiver habilitada. o modo é minúsculo, com um padrão de 1. Um valor de 1 significa que o monitoramento dessa métrica está habilitado e um valor de 2 significa que o monitoramento dessa métrica está desabilitado.

Valores do código de retorno

0 (êxito) ou 1 (falha)

Comentários

sp_replmonitorchangepublicationthreshold é usado com todos os tipos de replicação.

Permissões

Somente membros da função de banco de dados fixa db_owner ou replmonitor no banco de dados de distribuição podem executar sp_replmonitorchangepublicationthreshold.

Consulte Também

Monitorar programaticamente a replicação