Como desenvolver um pacote de configuração de máquina personalizado

Antes de começar, é uma boa ideia ler a página de visão geral da configuração da máquina.

A configuração da máquina usa a Configuração de Estado Desejado (DSC) ao auditar e configurar o Windows e o Linux. A configuração DSC define a condição em que o computador deverá estar.

Importante

Os pacotes personalizados que auditam o estado de um ambiente e aplicam configurações estão no status de suporte Geralmente Disponível (GA). No entanto, aplicam-se as seguintes limitações:

Para usar pacotes de configuração de máquina que aplicam configurações, é necessária a extensão de configuração de convidado da VM do Azure versão 1.26.24 ou posterior, ou o agente Arc 1.10.0 ou posterior.

O módulo GuestConfiguration só está disponível no Ubuntu 18 e posterior. No entanto, o pacote e as políticas produzidas pelo módulo podem ser usados em qualquer distribuição Linux e versão suportada no Azure ou Arc.

Os pacotes de teste no macOS não estão disponíveis.

Não use segredos ou informações confidenciais em pacotes de conteúdo personalizados.

Use as etapas a seguir para desenvolver sua própria configuração para gerenciar o estado de uma máquina Azure ou não-Azure.

  1. Configurar um ambiente de criação de configuração de máquina
  2. Criar um artefato de pacote de configuração de máquina personalizado
  3. Testar o artefato do pacote
  4. Publicar o artefato do pacote
  5. Assinar o artefato do pacote