Introdução

Concluído

O Microsoft Power BI pode ajudá-lo a proteger relatórios e áreas de trabalho ao permitir que os partilhe com utilizadores e grupos do Active Directory. Pode também partilhar um único relatório, mas fazer com que os utilizadores vejam dados diferentes, de acordo com a respetiva função de trabalho.

Por exemplo, considere um cenário em que trabalha para a Tailspin Traders. Utiliza a seguinte tabela para controlar as vendas.

Screenshot do conteúdo da tabela de vendas.

Também pode utilizar a seguinte tabela para obter informações sobre os funcionários.

Screenshot do conteúdo da tabela de empregados.

A seguinte tabela mostra a lista de produtos.

Screenshot da tabela de produtos com cabeçalhos de coluna.

Quer criar um relatório no qual os colaboradores de um departamento específico só podem ver as vendas desse departamento. Por exemplo, a Margarida Gouveia trabalha no departamento de Jogos e só deverá ver as vendas desse departamento e não as vendas dos departamentos de Desporto, Vestuário ou Automóveis.

Estes dados estão organizados num esquema de estrela. A tabela Vendas contém todos os atributos de uma tabela de factos e os colaboradores e produtos estão em tabelas de dimensão. O modelo de dados é apresentado na seguinte captura de ecrã.

Screenshot do modelo de dados para segurança de nível de linha.

Duas formas de implementar a segurança ao nível da linha no Power BI são o método estático e o método dinâmico.

A segurança ao nível da linha (RLS) utiliza um filtro DAX como mecanismo de lógica central. Este módulo irá demonstrar como pode implementar a segurança ao nível da linha no Power BI através de DAX para garantir que apenas a pessoa adequada consegue ver os registos adequados.