Compartilhar via


Criar e gerenciar locais personalizados em Kubernetes habilitados para Azure Arc

O recurso locais personalizados fornece uma maneira de configurar clusters do Kubernetes habilitados para Azure Arc como locais de destino para implantar instâncias de ofertas do Azure. Exemplos de ofertas do Azure que podem ser implantadas sobre locais personalizados incluem bancos de dados como a Instância Gerenciada de SQL habilitada para Azure Arc e servidor PostgreSQL habilitado para Azure Arc, ou instâncias de aplicativo como Serviços de Aplicativos, Functions, Grade de Eventos, Aplicativos Lógicos e Gerenciamento de API.

Um local personalizado tem um mapeamento um para um para um namespace no cluster do Kubernetes habilitado para Azure Arc. O recurso de local personalizado do Azure combinado com o RBAC do Azure (controle de acesso baseado em função do Azure) pode ser usado para conceder permissões granulares a desenvolvedores de aplicativos ou administradores de banco de dados, permitindo que eles implantem recursos, como bancos de dados ou instâncias de aplicativos, sobre clusters do Kubernetes habilitados para Arc em um ambiente multilocatário.

Neste artigo, você aprenderá a habilitar locais personalizados em um cluster do Kubernetes habilitado para Arc e como criar um local personalizado.

Pré-requisitos

  • Instale ou atualize a CLI do Azure para a última versão.

  • Instale as versões mais recentes das seguintes extensões da CLI do Azure:

    • connectedk8s

    • k8s-extension

    • customlocation

      az extension add --name connectedk8s
      az extension add --name k8s-extension
      az extension add --name customlocation
      

      Se as extensões connectedk8s, k8s-extension e customlocation já estiverem instaladas, atualize para a versão mais recente usando o seguinte comando:

      az extension update --name connectedk8s
      az extension update --name k8s-extension
      az extension update --name customlocation
      
  • Verifique se o registro do provedor foi concluído para Microsoft.ExtendedLocation.

    1. Digite os seguintes comandos:

      az provider register --namespace Microsoft.ExtendedLocation
      
    2. Monitore o processo de registro. O registro pode levar até 10 minutos.

      az provider show -n Microsoft.ExtendedLocation -o table
      

      Após ser registrado, o estado RegistrationState terá o valor Registered.

  • Verifique se você tem um cluster conectado do Kubernetes habilitado para Azure Arc e atualize seus agentes para a versão mais recente. Confirme se o computador no qual você executará os comandos descritos neste artigo tem um arquivo kubeconfig que aponta para esse cluster.

Habilitar locais personalizados no cluster

Dica

O recurso locais personalizados depende do recurso cluster connect. Ambos os recursos precisam ser habilitados no cluster para que locais personalizados funcionem.

Se você estiver conectado à CLI do Azure como um usuário do Microsoft Entra, use o seguinte comando:

az connectedk8s enable-features -n <clusterName> -g <resourceGroupName> --features cluster-connect custom-locations

Caso você execute o comando acima enquanto estiver conectado à CLI do Azure usando uma entidade de serviço, é possível que o seguinte aviso seja exibido:

Unable to fetch oid of 'custom-locations' app. Proceeding without enabling the feature. Insufficient privileges to complete the operation.

Isso ocorre porque uma entidade de serviço não tem permissões para coletar as informações sobre o aplicativo que o serviço do Azure Arc usa (local personalizado). Para evitar esse erro, use as seguintes etapas:

  1. Entre na CLI do Azure usando a conta de usuário. Busque o objectId ou id do aplicativo de localização personalizado usado pelo serviço do Azure Arc usando o seguinte comando:

    az ad sp show --id bc313c14-388c-4e7d-a58e-70017303ee3b --query id -o tsv
    
  2. Entre na CLI do Azure usando a entidade de serviço. Use o valor <objectId> ou id da etapa anterior para habilitar as localizações personalizados no cluster:

    az connectedk8s enable-features -n <cluster-name> -g <resource-group-name> --custom-locations-oid <objectId/id> --features cluster-connect custom-locations
    

Crie um local personalizado

  1. Implante a extensão de cluster de serviço do Azure da instância de serviço do Azure que você deseja instalar em seu cluster:

  2. Obtenha o identificador do Azure Resource Manager do cluster de Kubernetes habilitado para Azure Arc, referenciado em etapas posteriores como connectedClusterId:

    az connectedk8s show -n <clusterName> -g <resourceGroupName>  --query id -o tsv
    
  3. Obtenha o identificador do Azure Resource Manager da extensão de cluster implantada no cluster do Kubernetes habilitado para Azure Arc, referenciado em etapas posteriores como extensionId:

    az k8s-extension show --name <extensionInstanceName> --cluster-type connectedClusters -c <clusterName> -g <resourceGroupName>  --query id -o tsv
    
  4. Crie o local personalizado referenciando o cluster de Kubernetes habilitado para Azure Arc e a extensão:

    az customlocation create -n <customLocationName> -g <resourceGroupName> --namespace <name of namespace> --host-resource-id <connectedClusterId> --cluster-extension-ids <extensionId> 
    
    • Parâmetros requeridos:

      Nome do parâmetro Descrição
      --name, --n Nome do local personalizado.
      --resource-group, --g Grupo de recursos do local personalizado.
      --namespace Namespace no cluster associado ao local personalizado que está sendo criado.
      --host-resource-id Identificador do Azure Resource Manager do cluster do Kubernetes habilitado para Azure Arc (cluster conectado).
      --cluster-extension-ids Identificador do Azure Resource Manager de uma instância de extensão de cluster instalada no cluster conectado. Para várias extensões, forneça uma lista separada por espaços das IDs de extensão de cluster
    • Parâmetros opcionais:

      Nome do parâmetro Descrição
      --location, --l Local personalizado do recurso Azure Resource Manager no Azure. Se não for especificado, o local do cluster conectado será usado.
      --tags Lista separada por espaços de marcas no formato key[=value]. Use '' para limpar marcações existentes.
      --kubeconfig Administrador kubeconfig do cluster.

Mostrar detalhes de um local personalizado

Para mostrar os detalhes de um local personalizado, use o seguinte comando:

az customlocation show -n <customLocationName> -g <resourceGroupName> 

Listar locais personalizados

Para listar todos os locais personalizados em um grupo de recursos, use o seguinte comando:

az customlocation list -g <resourceGroupName> 

Atualizar um local personalizado

Use o comando update para adicionar novos valores para --tags ou associe novos --cluster-extension-ids ao local personalizado, enquanto mantém os valores existentes para marcas e extensões de cluster associadas.

az customlocation update -n <customLocationName> -g <resourceGroupName> --namespace <name of namespace> --host-resource-id <connectedClusterId> --cluster-extension-ids <extensionIds> 

Aplicar patch de uma localização personalizada

Use o comando patch para substituir valores existentes para --cluster-extension-ids ou --tags. Valores anteriores não são retidos.

az customlocation patch -n <customLocationName> -g <resourceGroupName> --namespace <name of namespace> --host-resource-id <connectedClusterId> --cluster-extension-ids <extensionIds> 

Excluir uma localização personalizada

Para excluir um local personalizado, use o seguinte comando:

az customlocation delete -n <customLocationName> -g <resourceGroupName> 

Solução de problemas

Se a criação de local personalizado falhar com o erro Unknown proxy error occurred, modifique a política de rede para permitir a comunicação interna de pod para pod no namespace azure-arc. Adicione também o namespace azure-arc como parte da lista de exclusões sem proxy para a política configurada.

Próximas etapas