Exemplos do Azure PowerShell para Banco de Dados SQL do Azure e Instância Gerenciada de SQL do Azure

Aplica-se a: Banco de Dados SQL do Azure Instância Gerenciada de SQL do Azure

O Banco de Dados SQL do Azure e a Instância Gerenciada de SQL do Azure permitem que você configure seus bancos de dados, as instâncias e os pools usando o Azure PowerShell.

Caso você não tenha uma assinatura do Azure, crie uma conta gratuita do Azure antes de começar.

Usar o Azure Cloud Shell

O Azure hospeda o Azure Cloud Shell, um ambiente de shell interativo que pode ser usado por meio do navegador. É possível usar o bash ou o PowerShell com o Cloud Shell para trabalhar com os serviços do Azure. É possível usar os comandos pré-instalados do Cloud Shell para executar o código neste artigo, sem precisar instalar nada no seu ambiente local.

Para iniciar o Azure Cloud Shell:

Opção Exemplo/Link
Selecione Experimente no canto superior direito de um bloco de código. Selecionar Experimente não copia automaticamente o código para o Cloud Shell. Captura de tela que mostra um exemplo de Experimente para o Azure Cloud Shell.
Acesse https://shell.azure.com ou selecione o botão Iniciar o Cloud Shell para abri-lo no navegador. Captura de tela que mostra como iniciar o Cloud Shell em uma nova janela.
Selecione o botão Cloud Shell na barra de menus no canto superior direito do portal do Azure. Captura de tela que mostra o botão Cloud Shell no portal do Azure

Para executar o código neste artigo no Azure Cloud Shell:

  1. Inicie o Cloud Shell.

  2. Clique no botão Copiar no bloco de código para copiá-lo.

  3. Cole o código na sessão do Cloud Shell pressionando Ctrl+Shift+V no Windows e no Linux ou selecionando Cmd+Shift+V no macOS.

  4. Pressione Enter para executar o código.

Se você optar por instalar e usar o PowerShell localmente, este tutorial exigirá o AZ PowerShell 1.4.0 ou posterior. Se você precisa atualizar, consulte Instalar o módulo do Azure PowerShell. Se você estiver executando o PowerShell localmente, também precisará executar o Connect-AzAccount para criar uma conexão com o Azure.

A tabela a seguir inclui links para scripts de exemplo do Azure PowerShell para o Banco de Dados SQL do Azure.

Link Descrição
Criar e configurar bancos de dados individuais e pools elásticos
Criar um banco de dados individual e configurar uma regra de firewall no nível do servidor Este script do PowerShell cria um banco de dados individual e configura uma regra de firewall de IP no nível do servidor.
Criar pools Elásticos e mover bancos de dados em pools Este script do PowerShell cria pools elásticos, move os bancos de dados em pool e altera os tamanhos da computação.
Configurar a replicação geográfica e o failover
Configurar e fazer failover de um banco de dados individual usando a replicação geográfica ativa Este script do PowerShell configura a replicação geográfica ativa para um banco de dados individual e faz o failover desse banco de dados para a réplica secundária.
Configurar e fazer failover de um banco de dados em pool usando a replicação geográfica ativa Este script do PowerShell configura a replicação geográfica ativa para um banco de dados em um pool elástico e faz o failover desse banco de dados para a réplica secundária.
Configurar um grupo de failover
Configurar um grupo de failover para um banco de dados individual Este script do PowerShell cria um banco de dados e um grupo de failover, adiciona o banco de dados ao grupo de failover e testa o failover no servidor secundário.
Configurar um grupo de failover para um pool elástico Este script do PowerShell cria um banco de dados, adiciona-o a um pool elástico, adiciona o pool elástico ao grupo de failover e testa o failover para o servidor secundário.
Dimensionar um banco de dados individual e um pool elástico
Dimensionar um banco de dados individual Este script do PowerShell monitora as métricas de desempenho de um banco de dados individual, dimensiona-o para um tamanho da computação maior e cria uma regra de alerta em uma das métricas de desempenho.
Dimensionar um pool elástico Este script do PowerShell monitora as métricas de desempenho de um pool elástico, escala-o para um tamanho da computação maior e cria uma regra de alerta em uma das métricas de desempenho.
Restaurar, copiar e importar um banco de dados
Restaurar um banco de dados Este script do PowerShell restaura um banco de dados com base em um backup com redundância geográfica e restaura um banco de dados excluído para o backup mais recente.
Copiar um banco de dados para um novo servidor Este script do PowerShell cria uma cópia de um banco de dados existente em um novo servidor.
Importar um banco de dados de um arquivo bacpac Este script do PowerShell importa um banco de dados de um arquivo bacpac para um Banco de Dados SQL do Azure.
Sincronizar dados entre bancos de dados
Sincronizar dados entre bancos de dados Este script do PowerShell configura a Sincronização de Dados para sincronização entre vários bancos de dados no Banco de Dados SQL do Azure.
Sincronizar dados entre o Banco de Dados SQL e o SQL Server local Este script do PowerShell configura a Sincronização de Dados para sincronização entre um banco de dados no Banco de Dados SQL do Azure e um banco de dados do SQL Server local.
Atualizar o esquema de sincronização da Sincronização de Dados SQL Este script do PowerShell adiciona ou remove itens do esquema de sincronização da Sincronização de Dados.

Saiba mais sobre a API do Azure PowerShell de banco de dados individual.

Próximas etapas

Os exemplos listados nesta página usam os cmdlets do PowerShell az.sql para criar e gerenciar recursos de SQL do Azure. Cmdlets adicionais para executar consultas e realizar muitas tarefas de banco de dados estão localizados nos cmdlets do PowerShell do Sqlserver. Para obter mais informações, confira SQL Server PowerShell.