Share via


Power Automate para programadores empresariais, ISVs e parceiros

Enquanto programador, pode expandir o Power Automate para disponibilizar soluções ainda mais poderosas para as organizações e clientes.

Power Automate para programadores empresariais

Como um programador empresarial, equipe a sua organização com capacidades para criar soluções personalizáveis robustas no Power Automate.

  • Criar conectores personalizados: desenvolva conectores personalizados para ligar aos dados e aos serviços Web da sua organização através do Power Automate. Mais informações

  • Criar Funções do Azure: crie Funções do Azure para expandir aplicações com lógica personalizada do lado do servidor. Mais informações

  • Incorporar o Power Automate: Incorpore o Power Automate diretamente nas suas experiências de sites para criar soluções integradas, através de fluxos de trabalho ou processos onde as pessoas na sua organização já fazem o seu trabalho. Mais informações

Power Automate para ISVs e parceiros Microsoft

Enquanto parceiro da Microsoft ou Fabricante Independente de Software (ISV), pode acelerar a adoção por parte dos clientes ao expandir os seus produtos de forma a integrarem-se nos processos de negócio e dados dos seus clientes. Além disso, pode adicionar e personalizar fluxos de trabalho para automatizar os processos de negócio como parte da sua aplicação. Após concluir os sete passos abaixo, a sua aplicação poderá tirar partido de um motor de fluxo de trabalho robusto à escala da cloud, com capacidade de ligar a mais de 200 serviços diferentes.

Fase Passo Quando é que é necessário?
Desenvolvimento 1. Criar um conector personalizado para os seus dados Se quiser expor os seus dados de ISV ao Power Apps ou Power Automate
Desenvolvimento 2. Adicionar suporte para que a sua aplicação autentique utilizadores com o Azure Active Directory (Azure AD) Se pretender incorporar a IU do Power Automate ou a lista no Microsoft AppSource
Desenvolvimento 3. Incorporar a IU do Power Automate na sua aplicação com a nossa iframe baseada na Web Se quiser incluir a criação ou gestão de fluxos na sua aplicação
Desenvolvimento 4. Criar e publicar modelos de fluxos Se quiser pré-criar fluxos para os seus clientes
Desenvolvimento 5. Adicionar lógica de aplicação para implementar fluxos de forma programática Se quiser implementar automaticamente os seus modelos de fluxos para os seus clientes
Distribuição 6. Conceder licenças do Microsoft Flow aos seus clientes através do programa Fornecedor de Soluções Cloud da Microsoft Se os seus clientes não tiverem licenças do Office 365 ou do Dynamics 365
Distribuição 7. Listar a solução no Microsoft AppSource Recomendado para aumentar a visibilidade da sua solução de ISV

1. Ligar às suas APIs OU Permitir que os seus clientes liguem às suas APIs

Enquanto ISV, tem frequentemente dados de proprietário aos quais pretende que os seus clientes acedam através dos seus fluxos. Pode expor o acesso aos seus dados através de um conector personalizado. Mais informações

Após ser criado, existem duas formas de tornar um conector disponível para os seus clientes:

  • O conector pode ser implementado no inquilino do cliente através de APIs REST ou do PowerShell.
  • Para tornar o conector personalizado publicamente disponível para todos os utilizadores, pode submeter o seu conector para certificação. Mais informações

2. Autenticação

Para chamar APIs REST e incorporar IU autenticada, a sua aplicação precisa de utilizar o início de sessão único federado do Azure AD para autenticar utilizadores finais e clientes. Clique aqui para obter informações sobre como ativar o SSO federado do AAD. Não temos suporte para o acesso não autenticado ou acesso com outros fornecedores de identidade que não o Azure AD.

3. Componentes de incorporação de IU

Incorpore o Power Automate na aplicação para ativar a integração contextual aprofundada entre a aplicação e todos os outros serviços suportados pelo Power Automate. Mais informações

4. Criar e publicar modelos de fluxos

Depois de ter um conector, deve publicar modelos que demonstrem como utilizar o seu serviço. Estes modelos irão servir de exemplos que os utilizadores podem utilizar para conhecerem e expandirem os seus próprios fluxos de trabalho exclusivos. Mais informações

5. Implementação

Para dar aos utilizadores finais acesso a fluxos que os mesmos possam utilizar automaticamente, implemente os fluxos no inquilino do Azure AD do utilizador. Utilize um pacote de implementações com as nossas APIs REST ou o PowerShell. Mais informações

6. Licenciamento

Se os seus clientes já tiverem o Office 365 ou o Dynamics 365 e estas licenças estiverem associadas às identidades com que os utilizadores iniciam sessão no Azure AD, não existem requisitos de licenciamento adicionais para que utilizem os conectores padrão. Os seus utilizadores precisarão de uma das licenças do Power Automate para utilizar conectores premium e personalizados. Se os seus clientes não utilizarem o Office 365 ou o Dynamics 365, terá de adquirir os direitos de utilização do Power Automate em nome deles, para que tenham licença para tirar partido desses componentes incorporados na sua aplicação.

Oferecemos o programa Fornecedor de Soluções Cloud da Microsoft para que possa adquirir licenças em nome dos seus clientes. Existem diferentes planos de preços disponíveis para o Power Automate, que deverá consultar para obter detalhes sobre o planeamento e funcionalidades.

Consulte também: Descrição geral do licenciamento do Power Automate

7. Lista no AppSource

Após ter integrado o Power Automate na sua aplicação, pode listá-la no AppSource. Com o AppSource, pode gerar novas oportunidades potenciais para a sua empresa ao criar uma aplicação e ao publicá-la no AppSource para ser testada pelos novos clientes. Mais informações

Note

Pode indicar-nos as suas preferências no que se refere ao idioma da documentação? Responda a um breve inquérito. (tenha em atenção que o inquérito está em inglês)

O inquérito irá demorar cerca de sete minutos. Não são recolhidos dados pessoais (declaração de privacidade).