Share via


Realizar tarefas comuns de consulta no Power BI Desktop

Na janela do Editor do Power Query do Power BI Desktop, há uma série de tarefas usadas frequentemente. Este artigo demonstra essas tarefas comuns e fornece links para mais informações.

As tarefas comuns de consulta demonstradas aqui são estas:

  • Conectar aos dados
  • Formatar e combinar dados
  • Agrupar linhas
  • Dinamizar colunas
  • Criar colunas personalizadas
  • Fórmulas de consulta

Você pode usar várias conexões de dados para concluir essas tarefas. Os dados da pasta de trabalho Excel de exemplo estão disponíveis para conexão ou download, caso você deseje executar essas tarefas por conta própria.

A primeira conexão de dados é uma pasta de trabalho do Excel, que pode ser baixada e gravada localmente.

Você também pode encontrar uma fonte de dados da Web por conta própria, se quiser acompanhar usando seus próprios dados.

Conectar aos dados

Para se conectar aos dados no Power BI Desktop, selecione Página Inicial e escolha Obter dados. O Power BI Desktop apresenta um menu com as fontes de dados mais comuns. Para obter uma lista completa de fontes de dados às quais o Power BI Desktop pode se conectar, selecione o botão Mais... na parte inferior do menu. Para saber mais, confira Fontes de dados no Power BI Desktop.

Screenshot of the Common data sources dropdown after selecting the Get data button on the ribbon.

Para começar, selecione Pasta de trabalho do Excel, especifique a pasta de trabalho mencionada anteriormente e escolha Abrir. O Editor do Power Query inspeciona a pasta de trabalho e apresenta os dados encontrados na caixa de diálogo Navegador, após a seleção de uma tabela.

Screenshot of the Navigator dialog box with Table 1 chosen to load.

Selecione Transformar Dados para editar, ajustar ou formatar os dados antes de carregá-los no Power BI Desktop. A edição é útil principalmente quando você trabalha com modelos semânticos grandes os quais você quer reduzir antes de carregar.

Conectar-se a diferentes tipos de dados é um processo semelhante. Para se conectar a uma fonte de dados da Web, selecione Obter dados>Mais, então escola Outros>Web>Conectar.

Screenshot of the Get data dialog box highlighting the option to connect to a Web data source.

Digite a URL da página da Web na caixa de diálogo Da Web exibida.

Screenshot of the From Web dialog box showing a connection to the data source from a URL.

Selecione OK. Assim como antes, o Power BI Desktop inspeciona os dados da página da Web e mostra as opções de visualização na caixa de diálogo Navegador. Quando você seleciona uma tabela, ela exibe uma visualização dos dados.

Outras conexões de dados são semelhantes. O Power BI Desktop solicitará as credenciais apropriadas se precisar que você autentique sua conexão.

Para ver uma demonstração passo a passo da conexão a dados no Power BI Desktop, confira Conectar-se a dados no Power BI Desktop.

Formatar e combinar dados

Você pode facilmente formatar e combinar dados com o Editor do Power Query. Esta seção inclui alguns exemplos de como você pode formatar dados. Para ver uma demonstração mais completa de formatação e combinação de dados, confira Formatar e combinar dados com o Power BI Desktop.

Esta seção e as seções seguintes usam o exemplo da Pasta de trabalho do Excel mencionada anteriormente, que você pode baixar e salvar localmente. Carregue os dados no Editor do Power Query usando o botão Transformar dados na guia Página Inicial. Depois de carregar os dados, selecione Tabela 1 nas consultas disponíveis no painel Consultas, conforme mostrado aqui:

Screenshot of the Power Query Editor with Table 1 highlighted in the queries pane.

Ao formatar dados, você transforma uma fonte de dados na forma e formato que atendem às suas necessidades.

No Editor do Power Query, você pode encontrar muitos comandos na faixa de opções e nos menus de contexto. Por exemplo, quando você clica com o botão direito em uma coluna, o menu de contexto permite a remoção dessa coluna. Ou selecione uma coluna e escolha o botão Remover Colunas na guia Página Inicial da faixa de opções.

Screenshot of the Power Query Editor with the options to remove columns highlighted.

Você pode formatar os dados de muitas outras maneiras nesta consulta. Você pode remover qualquer quantidade de linhas da parte superior ou inferior. Ou você pode adicionar colunas, dividir colunas, substituir valores, entre outras tarefas de moldagem. Com esses recursos, você pode direcionar o Editor do Power Query para obter os dados como quiser.

Agrupar linhas

No Editor do Power Query, você pode agrupar os valores de várias linhas em um único valor. Esse recurso pode ser útil ao resumir o número de produtos oferecidos, o total de vendas ou a contagem de alunos.

Neste exemplo, você agrupa linhas em um modelo semântico de matrículas acadêmicas. Os dados são da pasta de trabalho do Excel.

Este exemplo mostra quantas Agências cada estado possui. (As agências podem incluir distritos escolares, outras agências educacionais, como distritos de serviços regionais, e muito mais.) Selecione a coluna Abreviação de Estado e selecione o botão Agrupar por na guia Transformar ou na guia Página Inicial da faixa de opções. (Agrupar por está disponível nas duas guias.)

Screenshot of Power Query Editor highlighting the Group By button in the ribbon.

A caixa de diálogo Agrupar por é exibida. Quando o Editor do Power Query agrupa linhas, ela cria uma nova coluna na qual coloca os resultados de Agrupar por. É possível ajustar a operação Agrupar Por das seguintes maneiras:

  1. A lista suspensa sem rótulo especifica a coluna a ser agrupada. O Editor do Power Query padroniza esse valor para a coluna selecionada, mas você pode alterá-lo para qualquer coluna na tabela.
  2. Nome da nova coluna: o Editor do Power Query sugere um nome para a nova coluna, com base na operação aplicável à coluna agrupada. No entanto, você pode nomear a nova coluna como quiser.
  3. Operação: escolha a operação que o Editor do Power Query aplica, como Soma, Mediana ou Contar Linhas Distintas. O valor padrão é Contar Linhas.
  4. Adicionar agrupamento e Adicionar agregação: Esses botões só estarão disponíveis se você selecionar a opção Avançado. Em uma única operação, você pode fazer operações de agrupamento (ações Agrupar por) em várias colunas e criar várias agregações usando esses botões. Com base em suas seleções nessa caixa de diálogo, o Editor do Power Query cria uma nova coluna que opera em várias colunas.

Selecione Adicionar agrupamento ou Adicionar agregação para adicionar mais agrupamentos ou agregações a uma operação Agrupar por. Para remover um agrupamento ou agregação, selecione o ícone de reticências ( ... ) à direita da linha e, em seguida, Excluir. Experimente a operação Agrupar por usando os valores padrão para ver o que acontece.

Screenshot shows the Group By dialog box with the Basic and Advanced options highlighted.

Quando você seleciona OK, o Editor do Power Query realiza a operação Agrupar por e retorna os resultados.

Screenshot of the example Group By effects.

E com o Editor do Power Query, sempre é possível remover a última operação de formatação. No painel Configurações de Consulta, em Etapas Aplicadas, basta selecionar o X ao lado da etapa concluída recentemente. Então, vá em frente e experimente. Se você não gostar dos resultados, refaça até que o Editor do Power Query formate seus dados do jeito que você quer.

Dinamizar colunas

É possível dinamizar colunas e criar uma tabela que contém valores agregados para cada valor exclusivo em uma coluna. Por exemplo, para saber quantos produtos diferentes você tem em cada categoria de produto, é possível criar rapidamente uma tabela que faz isso.

Para criar uma nova tabela que mostra uma contagem de produtos para cada categoria (com base na coluna CategoryName ), selecione a coluna e selecione Transformar>Dinamizar Coluna.

Screenshot of the Pivot Column button highlighted on the Transform tab.

A caixa de diálogo Coluna Dinâmica é exibida, permitindo que você saiba quais valores de coluna a operação usa para criar novas colunas. (Se o nome da coluna desejada de CategoryName não for mostrado, selecione-o na lista suspensa.) Ao expandir Opções avançadas, você pode selecionar qual função aplicar aos valores agregados.

Screenshot of the Pivot Column dialog box highlighting Advanced options.

Quando você seleciona OK, o Editor do Power Query exibe a tabela de acordo com as instruções de transformação fornecidas na caixa de diálogo Coluna Dinâmica.

Screenshot of the results from Pivot Column.

Criar colunas personalizadas

No Editor do Power Query, você pode criar fórmulas personalizadas que operam em várias colunas em sua tabela. Então você pode colocar os resultados dessas fórmulas em uma nova coluna (personalizada). O Editor do Power Query facilita a criação de colunas personalizadas.

Com os dados da pasta de trabalho do Excel no Editor do Power Query, acesse a guia Adicionar Coluna na faixa de opções e, em seguida, selecione Coluna Personalizada.

Screenshot of the Power Query Editor highlighting the Custom Column button on the Add Column tab.

A caixa de diálogo a seguir é exibida. Este exemplo cria uma coluna personalizada chamada Porcentagem de ELL que calcula o percentual entre o total de alunos que são ELL (English Language Learners, aprendizes do idioma inglês).

Screenshot of the Custom Column Dialog box showing an example formula.

Assim como ocorre com qualquer outra etapa aplicada no Editor do Power Query, se a nova coluna personalizada não fornecer os dados que você está procurando, exclua a etapa. No painel Configurações de Consulta, em ETAPAS APLICADAS, basta selecionar o X ao lado da etapa Personalização Adicionada.

Screenshot of the APPLIED STEPS history highlighting the last performed step.

Fórmulas de consulta

Você pode editar as etapas geradas pelo Editor do Power Query. Você também pode criar fórmulas personalizadas, que permitem que você se conecte e formate seus dados com mais precisão. Sempre que o Editor do Power Query executa uma ação nos dados, a fórmula associada à ação é exibida na barra de fórmulas. Para exibir a barra de fórmulas, acesse a guia Exibir da faixa de opções e selecione a Barra de Fórmulas.

Screenshot of Power Query Editor highlighting the Formula Bar checkbox on the View tab.

O Editor do Power Query mantém todas as etapas aplicadas de cada consulta como texto, assim você pode exibi-las ou modificá-las. Você pode exibir ou modificar o texto de qualquer consulta usando o Editor Avançado. Basta selecionar Exibir e, em seguida, Editor Avançado.

Screenshot of Power Query Editor highlighting the Advanced Editor button on the View tab.

Veja aqui uma captura de tela do Editor Avançado com as etapas de consulta associadas à consulta USA_StudentEnrollment exibidas. Essas etapas são criadas na linguagem de fórmula do Power Query, geralmente chamada de M. Para obter mais informações, confira Criar fórmulas do Power Query no Excel. Para exibir a própria especificação da linguagem, confira Especificação da linguagem M do Power Query.

Screenshot of the Advanced Editor dialog box with an example formula.

O Power BI Desktop fornece um amplo conjunto de categorias de fórmula. Para saber mais e obter uma referência completa de todas as fórmulas do Editor do Power Query, confira Referência da função M do Power Query.

Você pode fazer de tudo com o Power BI Desktop. Para saber mais sobre seus recursos, confira os seguintes recursos: