Backups de log de transações (SQL Server)

Aplica-se a: SQL Server (todas as versões com suporte)

Este tópico é relevante apenas para bancos de dados do SQL Server que estejam usando modelos de recuperação completa ou bulk-logged. Este tópico descreve o backup do log de transações de um banco de dados SQL Server .

Você deve ter pelo menos criado um backup completo antes de criar qualquer backup de log. Depois disso, o backup do log de transações pode ser feito a qualquer momento, exceto durante outro backup de log.

Recomendamos que você faça backups de log com frequência para minimizar exposição à perda de trabalho e para truncar o log de transações.

Em geral, um administrador de banco de dados cria um backup completo de banco de dados ocasionalmente, como semanalmente, e, como opção, cria uma série de backups de banco de dados diferencial em um intervalo mais curto, como diariamente. Independentemente dos backups de banco de dados, o administrador de banco de dados faz backup do log de transações em intervalos frequentes. Para determinado tipo de backup, o intervalo ideal entre backups depende de fatores como importância dos dados, tamanho do banco de dados e carga de trabalho do servidor. Para obter mais informações sobre como implementar uma boa estratégia, consulte Recomendações neste tópico.

Como funciona uma sequência de backups de log

A sequência de backups de log de transações log chain é independente dos backups de dados. Por exemplo, suponha a sequência de eventos a seguir.

Hora Evento
8h Backup do banco de dados.
Meio-dia Backup de log de transações.
16h Backup de log de transações.
18h Backup do banco de dados.
20h Backup de log de transações.

O backup de log de transações criado às 20h contém registros do log de transações das 16h às 20h, abrangendo o tempo em que o backup completo de banco de dados foi criado às 18h. A sequência de backups de log de transações é contínua desde o backup completo de banco de dados inicial criado às 8h até o último backup de log de transações criado às 20h. Para obter informações sobre como aplicar esses backups de log, consulte o exemplo em Aplicar Backups de Log de Transações (SQL Server).

Recomendações

  • Se um log de transações estiver danificado, o trabalho executado desde o backup válido mais recente será perdido. Portanto, recomendamos enfaticamente que você coloque seus arquivos de log em um armazenamento tolerante a falhas.

  • Se um banco de dados for danificado ou se você estiver a ponto de restaurar o banco de dados, recomendamos que você crie um backup da parte final do log para permitir a restauração do banco de dados até o momento atual.

  • Por padrão, toda operação de backup bem-sucedida acrescenta uma entrada ao log de erros do SQL Server e ao log de eventos do sistema. Se você fizer backup do log com muita frequência, essas mensagens de êxito se acumularão muito rapidamente, resultando em logs de erros imensos que podem dificultar a localização de outras mensagens. Em tais situações, você pode suprimir essas entradas de log usando o sinalizador de rastreamento 3226, caso nenhum dos seus scripts dependa dessas entradas. Para obter mais informações, confira Sinalizadores de rastreamento (Transact-SQL).

  • Faça backups de log com frequência suficiente para dar suporte a seus requisitos empresariais, especificamente, a tolerância à perda de trabalho, que pode ser causada por um armazenamento de logs danificado.

  • A frequência apropriada para fazer backups de log depende de tolerância à exposição à perda de trabalho, equilibrada por quantos backups de log é possível armazenar, administrar e, potencialmente, restaurar. Pense no RTO e RPO necessários ao implementar sua estratégia de recuperação e, especificamente, na cadência de backup de log.

  • Fazer um backup de log a cada 15 a 30 minutos deve ser o bastante. Se o seu negócio requer que você reduza ao mínimo a exposição à perda de trabalho, considere fazer backups de log com mais frequência. Backups de log mais frequentes têm a vantagem adicional de aumentar a frequência de truncamentos de log, resultando em arquivos de log menores.

Importante

Para limitar o número de backups de log que você precisa restaurar, é essencial fazer backup dos dados com frequência. Por exemplo, convém programar um backup de banco de dados completo por semana e backups de diferenciais de banco de dados diariamente.
Mais uma vez, pense no RTO e RPO necessários ao implementar sua estratégia de recuperação e, especificamente, na cadência de backup completo e diferencial de banco de dados.

Related Tasks

Para criar um backup de log de transações

Para agendar trabalhos de backup, consulte Use the Maintenance Plan Wizard.

Consulte Também

O log de transações (SQL Server)
Guia de gerenciamento e arquitetura de backups de log de transações no log de transações do SQL Server
Fazer backup e restaurar bancos de dados do SQL Server
Backups da parte final do log (SQL Server)
Aplicar backups de log de transações (SQL Server)